Que os loucos sejam expulsos

Padrão

Vivemos criando mecanismos para justificar a redução de nossos mundos.
Trocamos o espanto de quem percebeu-se um inexplicável acidente cósmico, deus e verme, pela segurança da conversão em cidadãos educados, pagadores de impostos, eleitores, trabalhadores, crentes em deus e na pátria.
Nos adequamos a um mundo menor para nos sentirmos a salvo de qualquer coisa que ameace nossos frágeis cubículos.
Cremos assumir o controle sobre a vida e a morte. Fingimos conhecer a verdade e ter todas as explicações.
Que os loucos sejam expulsos e carreguem para o lado de fora todos os seus inconvenientes devaneios.

Anúncios