Os doentes e os vendedores

Padrão

O crescimento do mercado da auto-ajuda disfarçada de ciência é sintomático. Mudam as linguagens, mas o povo continua carente, em busca de qualquer paliativo que ofereça ajuda.

Em nome da “física quântica” aproveitadores vendem seus discursos motivacionais e arregimentam seguidores em todos os cantos. Livros viram best-sellers, movimenta-se acampamentos terapêuticos e os gurus se apresentam para todos os gostos.

Fora as novas fórmulas, sempre revolucionárias, que aparecem em algum pergaminho antigo ou depois de anos de “estudo quântico”, sabe-se lá a partir de quais bases.

Um povo doente vive em busca de remédios e onde há demanda, sempre aparecem os vendedores.

3 comentários sobre “Os doentes e os vendedores

  1. Loja da Segurança

    Sou de pouca idade ainda, porém confesso não me recordar de uma faze em que o ser humano esteja tão debilitado de empatia, clareza e valores as pessoas estão parecendo zumbis obssecados em satisfazer o ego.

  2. Lourdes SP capital

    Boa tarde, perfeito Flávio nos como seres” humanos” infelizmente ainda não aprendemos o básico, ou seja, tudo que precisamos está dentro de nós e não fora. Sendo assim vivemos nessa busca incansável de “remédios” nos deixamos levar por curas milagrosas que não existem, somente quando aprendermos a não fazer ao próximo o que não queremos pra nós essa busca deve acabar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s