Coisas simples e cotidianas

Padrão

E se você pensar em algo voluntário? Qualquer coisa.

Voluntarie-se para ser gentil com quem, distraído, não te vê.

Para não ser tão apressado a pensar que sabe tudo sobre o outro e evitar julgar por qualquer besteira.

E se você usar o trânsito como exercício de paciência? Sei que nem sempre é fácil, mas que tal tentar?

Seria interessante aprender a olhar seu trabalho como algo mais valioso do que a simples remuneração financeira. Qualquer trabalho tem gente em uma ponta e gente em outra, pode até ser que você não goste do que faz, então movimente os significados.

Por que fazer sempre os mesmos caminhos, comer as mesmas coisas, usar sempre as mesmas roupas?

Dá um tempinho no celular, minutos, que seja, e tente voluntariar-se a ver. Perceber as pessoas, os cenários, as situações cotidianas que podem ser tão ricas.

A gente anda tão condicionado e nem percebe que basta pouco pra sair dos casulos. Diminuir as pressas, ver, prestar atenção, voluntariar-se para além dos padrões.

2 comentários sobre “Coisas simples e cotidianas

  1. Ivanel

    Bom dia Flávio,!amo a rádio vagalume como se fosse a minha casa, agradeço por tudo e por nós ajudar a ter mais consciência Gratidão bjos.

  2. Fernando Fontes

    Engraçado como, quando a gente presta mais atenção nas coisas ao nosso redor, parece que ficam em camera lenta, nos dando uma perspectiva mais viva e não tão robotizada como estamos acostumados a enxergar.
    Obrigado Flávio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s