Rubem e Fernando

Padrão

Hoje, na rádio, li esse texto do Rubem Alves. Lindo!

 

“Olhei para as flores e elas começaram a falar. O que disseram? Disseram o que dizem sempre mesmo quando eu não estou lá: “Os seus olhos estão contemplando o que tem acontecido por milhares de anos. Por milhares de anos assim temos florescido. Por outros milhares de anos assim continuaremos a florescer. Muitos outros rebanhos perturbados como o seu já passaram por aqui. Mas deles não temos mais memória.
Passaram e nunca mais voltaram.
Desapareceram no Rio do Tempo.
O Rio do Tempo faz todas as coisas desaparecerem.
Por isso nada é importante.
Nossas ansiedades também estão destinadas ao Rio. Também elas desaparecerão em suas águas.
O seu sofrimento se deve a isso, que você se sente importante demais, que você não presta atenção na voz do Rio.
Quando nos sentimos importantes nós ficamos grandes demais. E junto com o tamanho da nossa importância cresce também o tamanho da nossa dor.
O Rio nos torna pequenos e humildes.
Quando isso acontece a nossa dor fica menor.
Se você ficar pequeno e humilde como nós, você perceberá que somos parte de uma grande sinfonia. Cada capim, cada regato, cada nuvem, cada coruja, cada pessoa é parte de uma Harmonia Universal.”

 

E na sequência, o Fernando Pessoa:

“Quando vier a primavera,

Se eu já estiver morto,

As flores florirão da mesma maneira

E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada,

A realidade não precisa de mim.

Sinto uma alegria enorme,

Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma.”

5 comentários sobre “Rubem e Fernando

  1. Daisy Cruz

    “O Rio do Tempo faz todas as coisas desaparecerem.
    Por isso nada é importante.” Eu nem diria rio, diria:Oceano do Tempo e lá todos os rios desaguam. Realmente nada é importante…Lindo!

  2. Prá Refletir

    Cheguei a conclusão que prefiro ser rio do que mar… Melhor. ainda seria… ser um pequeno lago… acho que Jesus pensava igual… por isso preferiu caminhar sob o mar… Melhor contemplar o mar da areia …. ou quem sabe …num copinho! Acho que Deus criou o imenso. Oceano e todos os seus habitantes marinhos com um único propósito… inspirar os poetas… que tem olhos “gordos” … repletos de infinitas idéias e possibilidades!! O mar foi feito pra nos dar belas histórias… não as vividas, mas as desejadas. É no rio que se aprende a viver …no mar “morremos” … sonhando demais… deve ser pelo excesso de sal… vai saber?
    #prárefletir

  3. Ivanel

    Não sabia que gostava tanto dos textos de Fernando Pessoa !adoro escutar.bjos ❤👏👏👏👏👏👏👏👏.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s