A cultura da corrupção

Padrão

A corrupção, antes de ser uma prática, é uma cultura presente em nossa sociedade. Na base a completa miséria. Pouco acima o individualismo, a competição, o estimulo a ganância. Há uma industria poderosa vendendo as tais palestras motivacionais, livros de autoajuda, filmes, um vasto conteúdo formatador de mentes para serem peças de uma engrenagem geradora de desigualdade.
Não assumimos o problema, precisamos de culpados que nos absolvam. Nesse caso os político cumprem um papel fundamental. Por isso a maioria é reeleita.
Repare que pouco nos incomodamos com a corrupção. O que nos toca é o espetáculo. É preciso que saia na TV o que no mínimo já desconfiávamos, que a manchete no jornal diga o que sempre soubemos e então cumpriremos nosso santo papel de cidadãos indignados.
Enquanto não questionarmos nossas cultura, infelizmente, uma história substituirá a outra, um partido o outro, uma lista a outra, e nós continuaremos cheios de discursos, mas no mesmo lugar.

O tempo e o nosso olhar

Padrão

O tempo é o mesmo para todos. O dia tem 24h, a semana 7 dias e o ano 365, tanto para criança de 1 ano quanto para o idoso de 80. Apesar de usarmos os mesmos relógios e nos basearmos nos mesmos calendários, o que nos faz perceber o tempo é a perspectiva de onde vemos, não apenas em relação a velocidade da luz, como explicou Eistein, mas especialmente o ponto onde existencialmente estamos. Tem dias que voam, tem minutos que não passam… É assim com o tempo, com a vida, com a morte e com tudo. Cada vez mais sinto que todo absoluto se relativiza diante dos significados projetados por cada olhar.

O jogo e a realidade – Por Leonardo Siqueira

Padrão

O Jogo e a Realidade

Não, você não conhece a realidade…
Existe uma distância astronômica entre o que é construído para se mostrar e entender o que, de fato, é.
Quando aquele político afirma que irá fazer e vende a imagem de honesto enquanto ataca o “adversário”, está longe de ser o que diz e sabe, por mais que tenha “boa intenção”, que seu discurso não é compatível com a realidade.
O sistema legislativo está sendo construído aos poucos… desde a constituição, às jurisprudências, é um caminho que se alonga ininterruptamente e não corresponde ao que você acredita que é. Não foi construído para te proteger.
O empresário que é preso e acusado de suborno e corrupção alimentou o sistema que foi criado para este fim e, em determinados momento é necessário um “teatro” para que tudo pareça o que de fato não é. Acontecimentos que ocorrem apenas aos que já descenderam, ou aos que precisam ser expostos, momentaneamente…
A economia, que alimenta as empresas e promove ascensões está longe de ser um caminho de ascensão comum, que oferece a todos os mesmos privilégios e possibilidades.
Mas vão tentar te vender essa imagem… é interessante que você acredite nisso.
Não falo apenas de Brasil…
Aos que se incomodam em ler isso, sejam bem vindos, o incômodo pode ser produtivo… não se incomode se achar essas afirmações pessimistas, porque na realidade não são, este é um texto humano!
Nos tornamos criaturas medrosas, cheias de autodefesas e armadilhas criadas para manter o que chamamos de segurança.
Precisamos, a qualquer preço, nos agarrar ao que construímos e acreditamos ser o melhor.
Mas seria necessária segurança, se não houvesse medo?
De qual mundo você quer fazer parte? Daquele que enxerga parcialmente e é manipulado pelos interesses convenientes para manter o sistema ou quer conhecer um pouco mais da realidade?
Saiba… você realmente não conhece a realidade…e neste “você”, me incluo.
Estou falando de toda a construção, passada e presente.
Falo da constituição absoluta de todos os sistemas, químicos, físicos, espaciais e por último sociais, onde nos incluímos.
Nossos limites estão relacionados aos meios para decodificar a nossa existência através dos processos e caminhos mentais, limitados que usamos… esbarramos também nos empecilhos biológicos para entendermos e vermos, a fundo, quem de fato somos.
Mas é possível ir um pouco mais… é viável ir além… desde que você tenha essa disposição e, claro, aceite as consequências.

Acesse Filosofia Inversa no Facebook :  https://www.facebook.com/filosofiainversaleonardosiqueira

Curta a página da rádio Inverso no FB

Padrão

A página da rádio Inverso no FB tem se tornado uma plataforma de conteúdos. Além das minhas publicações, o Antônio Pereira e o Leonardo Siqueira tem contribuido bastante com suas provocações. Além disso, quero vincular conteúdos exclusivos da rádio e sorteios de livros também. Se você gosta (ou quer conhecer melhor) a rádio Inverso, curta nossa fanpage!https://www.facebook.com/inversoradio/