Sequestradores emocionais

Padrão

Cuidado com os sequestradores emocionais. São sutis, criam ciladas, envolvem com elogios até que o outro se sinta responsável pelo bem estar daquela pessoa. Aprisionou-se. É lindo poder ajudar, crescemos com isso, mas, para tal, aprenda a dizer não e, se for o caso, afaste-se quando necessário. Não alimente dependências, isso enfraquece a todos. Ninguém é imprescindível e muito menos taboa de salvação para quem quer que seja.

Demonstrações de humanidade

Padrão

Quer conhecer o caráter de alguém? Veja como age quando não há plateia, como se importa com os “subalternos”, como trata os mais humildes. Já conheci gente com discurso lindo que parece ser incapaz da agradecer o garçom que serve a mesa ou o motorista do táxi que o conduziu. Sejamos menos impressionáveis com as performances e mais atentos com as eloquentes demonstrações cotidianas de humanidade.