Centros do universo – Duas Vidas

Padrão
“…não são geografias que determinam o centro do universo, é mais do que isso.
Como o centro do universo dos pais que vigiam o pedaço de gente que dorme no berço, os amantes que esquecem o mundo e anseiam por qualquer tempo juntos, o abraço que vira casa quando o sentimento é de estarmos perdidos.
O universo tem muitos centros. Centros desconectados dos espaços porque são dimensões do amor.
Centros que orbitam sobre o ponto de referência que chamo de eu e se projetam no olhar que expande para o infinito.
O amor é a fresta onde estou aprendendo ver.” – Livro Duas Vidas
15-things-i-want-my-son-to-understand-before-he-becomes-a-teenager