Afetos e provocações

Padrão

Quem provoca a ira do outro de propósito, quer afeto. Geralmente é o passo frustrado de quem não encontrou correspondência, mas não desistiu. Como não pode ter o amor, substitui pelo ódio. São aspectos da mesma moeda.Responder na mesma linguagem é alimentar o processo e virar refém de um circulo que não termina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s