Excessos

Padrão

Excessos não resistem ao tempo. Ficam pelo caminho, são absorvidos pela terra, metabolizados viram outra coisa. Como plantas que se transformam em alimentos para peixes ou a carniça que a terra engole, há um movimento de entropia na vida que processa o que parecia “a mais”. Pode ser que machuque, geralmente dói, mas depois vem o tempo que disseca o que resta e devolve o essencial. Creio que nosso desafio seja a busca pelo essencial, a sabedoria da simplificação. É desprender-se dos excessos, soltá-los ao vento, entregá-los ao mar, ao ar, deixar que não resistam ao tempo. Diminuir o peso, ser leve de novo.

2 comentários sobre “Excessos

  1. Flair

    Flávio siqueira ,
    Vi no face sua mensagem a respeito de libertar se dos medos e sua concepção sobre Deus ,achei bem interessa e significativa e desde então me cadastrei pra receber suas mensagens e vídeos…estou aprendendo algumas coisas até o momento!rs
    Falo assim por que a vida trás alguna mestres e lições,acredito que aprenderei muito mais !!!
    Enfim …
    O post sobre exageros muito bom, mas as vezes os excessos ensinam o caminho para a essência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s