Os significados de cada experiência

Padrão

Tudo o que é significativo fica na gente em algum lugar. Geralmente são as experiências mais simples, mais conectadas ao dia a dia, os gestos cotidianos que nos tocam. Por exemplo: Um homem passa por sua experiência mais marcante enquanto está internado em uma UTI. Ele sente dor, medo, não sabe o que vai acontecer. Quando deixar o leito não será o barulho dos aparelhos, nem as picadas da injeção, nem as conversas entre os médicos sobre a possibilidade de salvá-lo. Tudo permanecerá na memória, mas o que ficara, o que de fato vai lhe tocar, será lembrar do cuidado da esposa que o visitava com ternura, a palavra amiga de um enfermeiro que apareceu no meio da madrugada e disse qualquer coisa com sinceridade, o cheiro do café que veio lá de baixo, um pensamento súbito capturado enquanto tentava dormir, o sonho com a avó querida que quase nem lembrava mais. São gestos simples que nos tocam e, se estivermos atentos, sussurrarão os significados de cada experiência.