O consumo e o dinheiro como religião – Mensagens que chegam pela manhã

Padrão

Apesar de usarmos os mesmos símbolos religiosos de sempre, parece que estamos aderindo a outros dogmas, muito mais ligados ao consumo, ao dinheiro, a aparência, aos valores de mercado, do que aos tradicionais valores das religiões, especialmente da fé cristã. Parece que mantemos os códigos, mas estamos mudando os significados.
Dentro dessa nova cultura quem são os hereges? Os sacerdotes? E os sacrifícios, pecado, céu, inferno? Acompanhe abaixo no Mensagens que chegam pela manhã, além de reflexões, leituras de e-mails e propostas para novas perspectivas de olhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s