O corpo

Padrão

Corpo, abrigo de todos os tempos. Todos os seres que estiveram e estarão, os mares, as flores, os caminhos, horizontes, todos os pores do sol e sempre que ele renasce, sempre que as nuvens encobrem.
As músicas, as letras e os tons. Os poemas que cativam, os que foram descartados, as folhas amassadas, os textos abortados.
Todos os olhares que se cruzam, se aproximam, se apaixonam, olhares que viram um só, contratos eternos, promessas descumpridas, filhos que nascem, filhos que crescem, que seguem, que vão.
Saudades, lembranças, esperas que jamais terminarão.
Corpo, abrigo de todos os tempos, carrega nos olhos a eternidade, a consciência do tamanho do universo expressa em carne, em forma de sangue, no silêncio, no secreto que cabe em um corpo que chamo de eu.

water nature silhouette ships fog boats monochrome vehicles lakes 1920x1080 wallpaper_www.wall321.com_76