Caminhando para o deixar de ser

Padrão

Que a gente tenha sensibilidade para ouvir o que nossa alma diz, e o que estamos nos transformando sempre. Estamos em constante movimento e é ideal que assim seja. Somos seres do caminho, jamais do destino. É preciso coragem para reconhecer isso. Abaixo um trecho de reflexão sobre o assunto em meu programa de rádio. Fique bem !