Simples assim

Padrão

Pouca coisa é necessária. Estar em paz, viver em consciência, em liberdade de ser, o resto é sobrecarga.

Qual o caminho?

Padrão

Há um sinalizador de caminhos dentro de você. É como se fosse um GPS interior que aponta a melhor direção em todas as situações. Não percebemos porque estamos distraídos demais.

Vivemos em angústia sem a certeza do que fazer, como se fossemos folhas soltas ao vento, atrás de soluções mágicas e mirabolantes, seguimos atalhos, nos perdemos constantemente sem fazer silêncio, sem tentar nos acalmar.

Pensamos que temos direito à angústia, à revolta, à falta de esperança apesar da eloquência de sinais que, em cada instante, se colocam com sutileza no caminho. Esse GPS interior se conecta naturalmente com todos esses sinais.

O que há de mais simples, experiências do cotidiano, movimentos do dia a dia, gente que chega sem nenhuma pretensão, uma música no rádio, um “bom dia” inesperado, um insight, um sonho, uma sensação “do nada”, uma nuvem que passa, um raio de sol que ilumina uma planta, tudo apontando para a mesma coisa, sinfonia linda, se você não estivesse tão sobrecarregado por si mesmo, perceberia.

Nos perdermos porque ficamos complexos demais. Vivemos entulhados de expectativas desnecessárias, abrimos mão da simplicidade, como se fosse preciso sempre mais, como se nunca fosse o suficiente. Não me refiro especificamente ao consumo, mas também as relações, aos prazeres, a tudo o que julgamos necessário.

Pouca coisa é necessária. Estar em paz, viver em consciência, em liberdade de ser, o resto é sobrecarga.

Siga a paz em seu coração, ela sabe o caminho. Ouça o que sua consciência diz, ainda que seja o contrário do que a maioria. Aquiete-se em relação aos ruídos que a mente produz, pacifique-se contigo. Sim, pacifique-se contigo e essa paz se projetará em suas escolhas e relacionamentos.

Não há porque se torturar por culpas ou acusações de nenhuma natureza. Não aceite que ninguém se coloque como manipulador de sua consciência, ainda que venha com discurso bonito, ainda que queria seu bem. Faça escolhas, caminhe com as próprias pernas.

Preste mais atenção na vida, tudo o que precisa, todos os apontamentos, estão espalhados pelo caminho, portanto, que a paz seja seu norte e o descanso o seu chão. Apenas caminhe atento, faça isso, e saberá por onde ir.