Há um rio dentro da gente

Padrão

Esteja atento

Padrão

Hoje quero propor algo muito simples, porém fundamental: Esteja atento.

Só isso. Perceba como seus pensamentos não param, como anda distraído, como quase não vê.

Permita-se, nem que seja apenas hoje. Repare no rosto das pessoas que cruzarão seu caminho, tente ler o que os olhos dizem, sinta a energia. Há um universo de comunicação entre humanos que vai muito além da fala, estamos nos expressando o tempo inteiro, mas quem percebe? Atente para isso. Sinta.

Olhe para os cenários do ambiente aonde está, para os detalhes, os movimentos, o posicionamento da luz. Veja como a luz passeia entre objetos e pessoas, como produz sombras, como elas se mexem.

Perceba os sons. Pare alguns segundos e tente discernir pelo menos cinco sons: um carro que passa, uma máquina ao fundo, gente conversando, pássaros, passos, uma tosse, gotas de chuva, a sinfonia do universo, consegue ouvir?

Note como você não presta atenção no que as pessoas dizem. Enquanto falam está pensando no que dirá a seguir. Ouça de verdade, veja de verdade, esteja presente.

Um dos condicionamentos mais poderosos do nosso tempo é a distração. Nos dão brinquedos, nos criam dificuldades para que as facilidades sejam vendidas em suaves prestações, vamos sem a menor curiosidade de saber para onde, estamos, mas quem se importa em questionar se esse é o lugar?

Caminhamos suficientemente distraídos para questionar, para percebermos o efeito manada, para contabilizarmos o tamanho do rombo, do roubo, do quanto estamos perdendo enquanto aceitamos não ver.

Descondicionar-se começa por prestar atenção, portanto, hoje não quero ir além do fundamental: Esteja atento. Enxergue-se.

Há mensagens que chegam no canto dos pássaros, nos passos de alguém, no movimento da brisa, na risada lá no fundo, no trecho de uma música, na nuvem que cobre o sol e depois se vai, na respiração cansada de alguém, na mão da criança que segura a da mãe, no inseto que caiu tentando desvirar, na textura do chão que você pisa, na variação da luz, na chegada do dia, no fim da madrugada… Há mensagens o tempo todo, há respostas, há vida em você.

Esteja atento, só isso, esteja atento…