Prazos, ritmos, processos….

Padrão

O que estraga uma relação não é o fato de o outro ser diferente de nós, afinal, quem é exatamente igual? O que estraga é o fato de que, mesmo bem intencionados, não aceitamos prazos, ritmos e processos do outro, tentando imprimir na relação uma percepção única ― a nossa ― e, seja diretamente ou não, cobrando do outro aquilo que ele ainda não tem, não é e talvez nunca será. do Livro Mensagens que chegam pela manhã

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s