Já sentiu vontade de ir morar em uma cabana distante?

Padrão

Acontece muito: Depois de uma intensa busca espiritual, ou uma experiência marcante que dá novo significado para a caminhada, bate a sensação de que ficou mais difícil conviver com as pessoas.

Os assuntos perderam a graça, as motivações parecem superficiais, o prazer de estar com pessoas até então queridas diminui, não porque você gosta menos delas, mas a sensação é que os vínculos foram interrompidos, como se não houvesse mais conexão.

Aliás, é frequente que esse tipo de sentimento se estenda para o mundo, nossa cultura, nossos prazeres vão deixando de ser.

É nessa hora que muitos recorrem a grupos de “iguais”, identificando-se com semelhantes na mesma medida que faz tudo para fugir dos “desiguais”. Geralmente o processo começo com bastante sutileza, mas chega um tempo onde parte das pessoas parecem ter perdido a graça e o mundo se transformado em algo absolutamente superficial.

Já bateu vontade de sumir de tudo e de todos? Morar em uma cabaninha na selva? Se for o seu caso, nesse vídeo uma ótima oportunidade para refletirmos sobre o assunto.