Hoje

Padrão

Existo no hoje, descanso minha mente, tento não sobrecarregá-la com miragens e exercito, hoje, a gratidão de quem sabe que tudo é oportunidade para que eu veja o sentido do agora, para que eu aprenda a amar e não me preocupar com nada que seja menor do que esse espaço, onde todas as coisas acontecem, se renovam, se transformam, cabem em um frame, um fragmento de tempo que só sei chamar de hoje.

Uma pessoa feliz

Padrão

Só uma pessoa feliz é capaz de enxergar do que as coisas são feitas, do que realmente precisa, o que de fato faz diferença e, por isso, não corre desmesuradamente atrás de “alegrias” ainda que as tenha, ainda que uma vida sem alegrias seria morte, ainda assim, as recebe com naturalidade sem tornar-se refém de estereótipos.

Ser feliz é saber lidar com as tristezas desse tempo, consciente que é justamente a plenitude da felicidade que nos dá forças para enfrentar e passar o dia mau, os labirintos, as dores de ser em um corpo finito, de existir em meio a tantas contradições, entrar no túnel escuro, sentir medo, querer parar, mas continuar e sair do outro lado, mais forte, mais consciente, em paz, feliz.

Ser feliz é ser

Padrão

Ser feliz tem a ver com a capacidade de manter-se grato, consciente do milagre de estar vivo, atento às dinâmicas da vida que não cessam, não param, não poupam ninguém. É saber que alegria plena, linear, constante, nos embriagaria.

Felicidade é viver cada dia sua própria porção, aprendendo a projetar significado no caminho, nem bem, nem mal, nem benção, nem tragédia, acontecimentos que ensinam a não depender de alegrias, mas fixar-se na dimensão da felicidade. Ser feliz é ser.

Para onde sua verdade tem te levado? (áudio)

Padrão

Você que já percebeu que a vida é mais do que nos “vendem”, que há muito para aprender, crescer, desenvolver a percepção, o conhecimento, a consciência de que podemos ser mais do que bonecos do sistema, seres vivos, conectados, iluminados pela luz que está dentro.

Você que tem se esforçado para crescer, saber mais, conhecer melhor, ir mais longe, aprofundar-se em mistérios e percebe que tem crescido com isso, à você mesmo um lembrete: Se o seu caminho, independentemente de qual seja, não desembocar em uma experiência de amor, lamento dizer, será em vão. Nesse áudio uma rápida reflexão sobre o assunto.

https://soundcloud.com/flavio-siqueira-1/reflex-o-com-flavio-siqueira-9

A cada dia sua porção

Padrão

Ás vezes o peso da vida parece difícil de suportar e as necessidades que aparecem nos assustam. Vivemos como quem tenta prover o dia de amanhã, seja financeiramente, ou em qualquer outra esfera aonde possibilidades de “seguro” surgem como a salvação para a chegada de um futuro incerto.

Pensamos no amanhã, contabilizamos as perspectivas, olhamos para os males que abatem os vizinhos, os amigos, os noticiários de televisão e pensamos: e se acontecer comigo?

Nasce a angústia de quem sente o peso antes que ele chegue, vive o dia mau sem ao menos uma nuvem no horizonte, acolhe a expectativa da perda enquanto ela não chega.

Antecipar a dor é viver dor triplicada.

É jogar-se na incerteza, perdido, sem a consciência de que, enquanto vivemos com equilíbrio, dando a cada dia sua devida atenção, olhando para o dia de hoje como o único de fato real, crescemos em experiência e no descanso de que, em seu devido tempo, aquilo que preciso será resgatado em mim, para o meu bem.

O que estou querendo dizer é que vivendo sem antecipar o mal, crescemos em percepção de significados, sem angustia, sem paranoias, e nos preparamos para enfrentarmos os dias maus com serenidade.

Tudo o que você precisará lá na frente, seja lá o que for, cresce em você hoje enquanto não pensa nisso, enquanto preocupa-se apenas em enxergar, aprender, caminhar na certeza de que para cada dia, basta seu próprio mal.
Pense nisso, que sua semana seja cheia de paz.