Caxias do Sul e Floripa

Padrão

Amigos as inscrições para os próximos encontros, Caxias do Sul – semana que vem – e Florianópolis, dia 30, estão abertas e são limitadas ! Não perca essa chance para estarmos juntos, crescendo, expandindo o olhar, aprofundando a consciência. Informe-se apenas pelo e-mail: encontrospelobrasil@gmail.com

Anúncios

Intervenções

Padrão

Na maioria da maioria das vezes nossas intervenções atrapalham. Elas carregam angústias e inquietudes em processos que se resolveriam com naturalidade se você soubesse esperar, se não se autossabotasse, se ao menos tentasse se aquietar, parar, respirar, acalmar e finalmente enxergar que em tudo há oportunidades, que nada pode nos fazer mal a não ser que concedamos, que a maior parte da energia que despendemos na vida poderia ser poupada se tivéssemos clareza desse fluxo organizador, presente em tudo. –

Algemas da mente – Tempos Modernos

Padrão

Hoje é feriado, sua rotina provavelmente está diferente, os ânimos mais calmos, os pensamentos são outros e, pelo menos nos próximos dias, a tendência é que não estejam tão fixados nas metas do trabalho, das contas, dos horários, das agendas. Descansamos, aproveitamos as pessoas, o tempo, e lá no fundo desejamos que a vida fosse sempre assim.

Por que não é? Fomos preparados para fazer parte de uma engrenagem, como o Chaplin em “Tempos Modernos”, peças de uma máquina voraz, que impõe comportamento, formata impressões, determina nosso olhar e trabalha para que deixemos de ser, de pensar, de refletir, questionar, duvidar, desenvolver nossas habilidades, nossa criatividade, nossa capacidade de amar e nos transformemos em parte da massa, homogênea, manipulável, resignada. filme-tempos-modernos-

Então você vive, aceita as regras, segue o jogo, afinal, não pode mudar as coisas sozinho, certo? Adequa-se ao que não é, incorpora o que não quer, fragmenta-se até o ponto de não suportar mais o silêncio, até quando pensar em “aquietar-se” pareça algo tão difícil, quase uma meta utópica, fora da realidade, como as vezes me acusam, diante da quantidade incessante de ruídos interiores, da babel de vozes de comando que se instalaram em você.

São poucos os que nessa loucura da internet, nesse desfile de bobagenzinhas, de cliks, de fotos, de frases montadinhas, param para ler um texto com mais de três parágrafos. Menos ainda os que dedicam pouco mais de onze minutos para refletir em um vídeo, para enxergar-se, questionar-se e, quem sabe, iluminar um cotidiano tão sequestrado, disponibilizando-se a livrar a mente de algemas tão sutis, mas tão apertadas.

Se você é um desses, se chegou até aqui, se não pulou para a próxima foto ou corrente do FaceBook, parabéns, sinto que tem algo novo para começar ai dentro. Continue e veja o que é. Grande beijo, aproveite o fim de semana e cresçamos juntos !