Sobre os Encontros com Flavio Siqueira – Perguntas e respostas

Padrão

-O que são os Encontros que você promove? Qual a pauta?

FS: Não são “palestras”, “cursos” ou algo do gênero. Como o próprio nome diz, são encontros. Oportunidades para pessoas de diversas correntes de pensamento, de religiões e filosofias diferentes se encontrem e percebam que, no fim das contas, somos semelhantes e buscamos as mesmas coisas. Meu trabalho é mostrar que um não é superior ao outro, que a verdade está espalhada pela terra, que Deus vive dentro de nós e com simplicidade é possível perceber. Por isso começo sempre com um tema, mostro e comento alguns vídeos meus, mas sempre em um papo aberto onde, em qualquer momento, qualquer um interaja com perguntas, comentários ou o que sentir vontade de dizer.

– Qualquer um pode participar?

FS- Sim ! Desde que comecei a promover esses encontros já tive o privilégio de falar com “mestres” e donas de casa, adolescentes e professores universitários, homens e mulheres que estão se despindo de suas formas, ampliando suas perspectivas e dispostos a participarem de algo novo, afinal, não tenho nenhum vínculo com nada nem ninguém, não me proponho a promover nenhuma corrente específica de crença ou pensamento, a não ser a que nos una e nos direcione para uma condição de quietude e silêncio interior. Quem quiser é sempre bem vindo!

– Que tipo de técnicas você usa?

FS- Não gosto de técnicas. É um posicionamento pessoal e não vai aqui nenhuma crítica específica a quem usa. No meu caso, acho que, por mais válidas que porventura possam ser, técnicas amarrariam algo que faço questão de deixar livre. Os encontros são livres, cada um é de um jeito, cada um acompanha a energia do público, não faço roteiros e não chego sabendo exatamente o que vou dizer. É por isso que nunca estabeleço uma pauta, um roteiro ou algo parecido, deixo que tudo flua com absoluta naturalidade, conforme acredito que deva ser.

– As inscrições são pagas? Por que, não deveriam ser gratuitas ?

FS-  São, e os valores sempre mínimos, pouco mais do que um ingresso de cinema. No começo eu mesmo me questionava se deveria cobrar. Confesso que fiquei em dúvidas, especialmente depois que, no primeiro encontro, recebi algumas críticas pesadas de gente que relacionava o fato de cobrar com interesse de “fazer dinheiro” com isso. A Flavia Melissa, querida amiga que esteve comigo nos dois primeiros, me ajudou bastante a enxergar que é necessário por algumas razões. A primeira é que promovo tudo sozinho. Alugo salas, pago passagem aérea, hospedagem, transporte, afinal, a maioria dos encontros acontecem fora de onde moro. Se eu não tentasse “cotizar” esses valores, os encontros jamais poderiam acontecer, afinal, não sou rico, não tenho “patrocinador”, nem nenhuma instituição por trás, ou seja, não tenho como bancar tudo sozinho.  É uma iniciativa exclusivamente minha. A segunda razão é que todos os Encontros acontecem em lugares como limite de participantes. Todos sabemos que, quando é gratuito, há um gigantesco numero de pessoas que se inscrevem e na última hora, por qualquer razão, deixam de ir.  Nesse caso o número de lugares vazios seria enorme.

– Como ter um encontro em minha cidade? Quantas pessoas podem ir?

FS- Onde há um grupo interessado, vou. Claro que sempre é mais fácil se o grupo já está formado, ou se há interesse de alguém da região me ajudar a promover e divulgar. Geralmente as pessoas fazem contato comigo, manifestam interesse e a partir daí é uma questão de agenda e organização. Sobre o numero de pessoas, não há nada definido. Desde que seja possível promover interatividade já está valendo.

– Quais os próximos Encontros? Como entrar em contato?

FS- Os próximos, agora em Novembro, acontecerão no Rio de Janeiro, dia 08, Belo Horizonte, dia 09, Caxias do Sul, dia 22 e Florianópolis, dia 30. O e-mail para contato, tanto para participantes, quanto para quem quiser promover um Encontro em sua cidade, é encontrospelobrasil@gmail.com  Quero aproveitar para manifestar minha alegria com essas oportunidades incríveis de encontro humano, de desenvolvimento espiritual, de relacionamentos com gente aparentemente tão diferentes umas das outras, mas todas ávidas por encontrar respostas, entender as coisas com simplicidade e verdade. Participar dos encontros tem sido uma grande chance de aprofundamento de consciência, a começar por mim, afinal, onde dois ou três se encontram em nome do amor, portas, janelas, mundos se abrem e a luz se adensa e se estabelece. Que assim seja hoje e sempre.

994613_581946738535306_2109186039_n

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s