O que é real?

Padrão

Que tipo de luzes te atraem, que sons lhe cativam, que imagens você vê?
Somos todos habitantes da mesma caverna, então por que você, cego, diz “agora vejo” ou então você, prisioneiro, acusa o vizinho de encarcerado?

Ninguém vê sem sentir a cegueira da luz, as dores do parto, a vertigem da liberdade. Não há saída que não nos exponha, dilacere, questione, nos indique a necessidade de abrir mão de valores, resignificar prioridades, deixar entulhos e esvaziar-se de tantas certezas para só depois reconstruir-se.

Estamos todos na caverna, todos, portanto ajudemo-nos uns aos outros e, se alguém julga enxergar um pouco mais, divida com quem nada vê. Quem ouve algum som, reproduza ao surdo que se entrete com a vibração dos ecos, preocupe-se, importe-se, ilumine-se para que a vida não seja tão escura. Há um preço a pagar, um descrédito a enfrentar, um anti fluxo a seguir. Quem está disposto a sair da caverna? Antes de tudo é preciso reconhecer onde está.

2 comentários sobre “O que é real?

  1. Maria Isabel Araújo Benevides

    Perfeito, maravilhoso, soberbo, único
    Mais claro impossível!
    Bendita seja a hor a que te achei na internet. Descobri que meus questionamentos estavam certos. Voce meu irmão foi o portador da luz divina. Muito obrigado!!!

  2. Rafael

    Como sempre muito bons suas reflexões… Apenas uma obervação…. Vc reparou na chama violeta vinda do sol gravada neste vídeo? Imagino que não deva ser uma montagem… Muito lindo… Abç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s