Insight 1 – Por uma vida + feliz

Padrão

Estreio aqui o “INSIGHT”. Reflexão com, no máximo, 2 minutos. Esse é o primeiro programete e o tema é “Por uma vida + feliz”. Se gostar, compartilhe!

Perseguidores

Padrão

Todo perseguidor, seja o ciumento, moralista religioso, colega de trabalho ou quem simplesmente se sobrepõe ao outro por julgar-lhe “fraco”, expõe sua mais arraigada insegurança, afinal, todo movimento persecutório revela uma intensa fuga de si mesmo, como quem projeta seus medos no outro, desviando o foco, escondendo-se, camuflando-se, tentando não se enxergar.

O mundo que nos habita

Padrão

“Sua visão de mundo é apenas o reflexo do mundo que lhe habita a alma. Preste atenção no que vou lhe dizer.

Anjo abaixa o tom de voz e fala mais pausadamente com quem se preocupa em deixar tudo bem claro: – Nada, absolutamente nada do que existe fora deixa de ter correspondência ao que você criou dentro do seu coração porque o mundo que você enxerga lá fora é projeção do mundo que você criou aí dentro.

Cada monstro, ameaça, medo, tristeza, tal como cada traço de esperança, alegria e sensação de bem estar: tudo o que lhe afeta – seja para o bem ou para o mal- no mundo, só lhe afeta porque encontrou correspondência em seu coração.

O mundo realmente é tudo o que você descreveu, mas tudo isso muda quando você muda seu olhar. Os olhos são a janela da alma e refletem lá fora, para sua percepção e dos outros, tudoo que está acontecendo aí dentro onde ninguém pode enxergar.” Trecho do livro O ÉDEN editora ciadoslivros.com.br

Estamos em guerra

Padrão

Fala-se muito sobre guerras.

Acredito que, tirando o ex presidente Bush e mais alguns, ninguém gosta de ver aquelas imagens horriveis de gente queimada ou morta nos campos de batalha.

Briga-se por tudo e por nada e a humanidade espera pelo dia em que elas deixem de acontecer.

Acredito que, como conhecemos hoje, a guerra é um animal em extinção.

Não que vá acabar por completo, conflitos físicos sempre existirão aqui ou ali, mas me refiro a uma guerra mais presente, constante e abrangente que aos poucos transfere o campo de batalha para mais perto da gente.

Ao invés de um exécito invadir outro país, nossos corações serão invadidos.

Não se jogará bombas nas cidades porque são nossas mentes que serão bombardeadas.

Sem declarações de guerra ! Sutilezas, palavras doces e promessas, muitas promessas, serão mais eficientes.

No reino das imagens e aparências o alvo da conquista não serão os paises, mas os espíritos.

Você é o alvo.

Nessa guerra os semblantes são sorridentes, o ambiente confortável e de aparente paz. O discurso bonito sobre segurança, proteção, liberdade, prosperidade, esconde a intenção de suplantar almas.

Olhe para o lado e veja que essa guerra já começou.

Enquanto sua mente é alvo de disputa, gatilhos de ansiedade, compulsões, culpa, medo, mágoas e inseguranças são instalados sem que você perceba. Sempre que cada um deles é acionado você se expõe, fica vulnerável.

Cria-se abismos, cava-se buracos profundos na alma sob a promessa de que serão preenchidos, como quem cria dificuldades para vender facilidades, gerando seres frágeis, dependentes e ávidos por algemas.

Quem quer mais do que pode carregar fica prostado e, longe de casa, é facilmente abatido.

Aquele que está perto de casa conhece o caminho e sabe onde se abrigar no dia do bombardeio. Por isso somos atraidos constantemente para longe, distantes de nossa essência, possuidos pelo espírito de um fluxo que nos descaracteriza e nos desvia de nós mesmos.

A vida tem muito mais do que te oferecem e viver é muito melhor do que ter.

Seja grato, enxergue-se, valorize o fato de estar vivo.

Já que a guerra é invisivel, cuide-se e proteja sua mente, afinal, é nela onde as grandes batalhas são travadas, com apelos e sutilezas cada vez mais presentes.