Jesus Fast Food os spams e compartilhamentos

Padrão

Primeiro a foto de Jesus com lágrimas nos olhos.

Depois o texto diz mais ou menos assim : “Quando Ele se entregou pensava em você. Ele não teve vergonha e você terá ? Se tiver vergonha delete esse e-mail, mas se não tiver, mande esse e-mail para todos do seu contato colocando no assunto ” eu nao me envergonho de Jesus”  porque uma graça acontecerá.”

Adoro quebrar essas correntes.

Com todo o respeito a quem manda, será mesmo que agora até Jesus entrou na era dos spams ?

Será que ele fica monitorando quem mandou um e-mail ou suas “curtidas” dizendo: “Esse pode abençoar”, “Ihh, deixa esse de fora, quebrou a corrente !”

Não é só “Jesus” que manda spams. Anjinhos, santos, nossa senhora Aparecida… a lista é longa.

Como conceber que, por incrivel que pareça, ainda tem milhares de pessoas que “por via das dúvidas” se impressionam e com medo de não receberem tal “graça” enviam o spam ou compartilham no Face Book ?

Sinceramente não consigo acreditar que alguém se comove com esses apelozinhos que, além de tudo, são de péssimo gosto. Sempre aquela imagem de Jesus chorando, lágrima no canto dos olhos, deprimido, enquanto, com olhar vazio, vê o planeta Terra direto de um cosmos distante.

No entanto essa atitude demonstra uma caracteristica tão comum em nosso comportamento :Quanto mais “fast” melhor a “food”. Agimos sempre na superficialidade das coisas sendo que, quanto menos comprometimento eu tiver, melhor será.

Compartilhar ou enviar um spam com a foto de Jesus já me faz sentir em dia com minha fé, logo não precisarei me incomodar com meu coração. É mais fácil cumprir ritos, por mais banais que sejam, do que olhar para dentro.

Rotule com simbolos, capriche na embalagem, dê uma pitada de emoção e pronto: as pessoas virão sem sequer refletir no que está por trás da mensagem.

Na ânsia pela “graça” vale qualquer coisa !  Do esvaziamento dos bolsos ao emburrecimento do individuo passando pelos compartilhamentos.

É só uma bobeirinha ? Pode ser, mas não deixa de refletir a maneira como pensamos.

Da próxima vez que receber uma corrente dessas, por favor quebre.

Afinal de contas, entre sua caixa de enviados e seu coração, tenho certeza que a opção sempre é pelo coração.

Lembre-se: suas atitudes, por menores que sejam, sempre revelam quem você é.

Pense nisso.