A perplexidade da existência.

Padrão

A consciência da nossa insignificância histórico/existencial deveria ser suficiente para nos incluirmos humildemente em um estágio de permanente perplexidade diante do simples fato de existirmos.