O bem, o mal e o amor – Trecho do livro O ÉDEN

Padrão
 Quer dizer que minhas reações diante do que acontece interferirão em tanta coisa. Tanta gente pode ser afetada…
– Esse é o caldo da vida, meu amigo. Por isso vocês erram quando dizem que Deus determinou que fosse assim. Na verdade são vocês que estão criando seus próprios caminhos a partir das conexões que estabelecem ao longo da vida e de como lidam com elas. Vocês são todos e tudo ao mesmo tempo. No seu interior vive um pedaço de cada ser que respira. Há um mundo inteiro
em sua mente e a humanidade vive em sua alma. Foi assim desde o início para que pudessem experimentar na plenitude o bem do amor que só é real quando compartilhado. Mas, lembra-se quando falamos da necessidade humana de conhecer além do bem, o mal? Nesse ponto voltamos ao principio de nossa conversa.
– Sim, me recordo, quando disse que a escolha em conhecer o mal abriu uma janela para que o percebêssemos e, nesse caso, o experimentássemos como possibilidade, não é isso?
– Ainda bem que se recorda porque isso é essencial. O conhecimento do mal interfere nas conexões humanas como um vírus que só pode ser eliminado diante dos frutos de um coração que reage em amor. Por isso é tão importante que cada um de vocês melhore a si mesmo, ao outro e a humanidade a partir de reações individuais que impactarão adiante e espalharão no “sistema” o antivírus do amor.