Nossas várias vidas.

Padrão

1827199456_7570533e3f

Você pode viver quantas vidas quiser.

Aliás, mesmo que não queira, já é muitos : o filho, pai, amigo, amante, profissional, companheiro e o anônimo no meio da multidão.

Você já foi o bebê, a criança do jardim de infância e o adolescente cheio de espinhas.

Em curto período  já se angustiou e depois fez tudo de novo. Caiu e levantou, perdeu as esperanças e depois aprendeu que as coisas se renovam.

Assim como as flores murcham no inverno e renascem na primavera, em um dia sentimos que as coisas não tem mais jeito e, depois, acabam se acertando.

Somos vários em um único e, no lapso de existência, vivemos todas as estações.

Em meio a tudo isso, você pode viver quantas vidas quiser.

Quando entende que tudo coopera para o seu bem e, ainda que tenha dificuldade, elas só existem como mídias para que você se relacione e se reconheça.

Em última análise, nada é para o mal.

Ainda que o bem venha travestido de mal e o gosto seja amargo, nas vidas em uma vida, temos sempre a oportunidade de melhorar.

Alguns dias são difíceis, outros intensamente felizes mas ,em todos eles, um pouquinho do que você tem se transformado.

Se você pode viver quantas vidas quiser, qual tem escolhido ?

No mundo das possibilidades o importante é perceber. Não deixar que nada te encerre, sabendo que amanhã tudo pode ser diferente.

O mundo muda quando você muda.

Escolha quem vai ser e prepare-se para a vida: Cada uma delas. Não em futuro distante, mas aqui e agora.

Em uma existência tudo pode acontecer, mas lembre-se : Ainda que seja difícil, não há mal que não possa ser revertido para o bem.

É sua missão. Ser vários em um e experimentar nessa vida, todas as possibilidades que quiser.

Escolha, reinvente, siga em frente com a cabeça erguida e o coração pacificado, sabendo que em cada vida, existe uma oportunidade. Sempre uma chance para começar tudo de novo, só que agora diferente.