O bem e o mal que vive em nós.

Padrão

2962805280_8d821c47b3

Cada um de nós, carrega dentro de si a capacidade de transformar acontecimentos amorais em bem ou mal.

Isso porque somos nós quem definimos o significado das coisas a partir do olhar.

Em determinado momento, decidimos ser portadores do conhecimento do bem e do mal e foi aí que esse conhecimento se instalou como possibilidades.

Só os humanos podem interferir no que vêem, e suas produções se estabelecem como mídia que acaba influênciando a cada individuo, tal como a coletividade.

Sim, porque tudo o que fazemos, pensamos, sonhamos e queremos, sai de nossos corações e se estratifica como energia que paira sobre a Terra.

Por estarmos bem mais conectados -uns com os outros e com a natureza- do que imaginamos, acabamos sofrendo interferência em um processo  que se retroalimenta em forma de cultura.

É por isso que textos bíblicos se referem a “principados” e “potestades” que dominam determinados reinos e  se alimentam de nossas produções.

Olhe para o mundo, veja os problemas combinados com as caracteristicas de cada região, e verá que é assim.

Só uma mente livre e um coração que abriu mão de conter o conhecimento do bem e o mal,  liberta nossos olhos do juízo que, no fim das contas, é o que determina como as coisas serão para nós.

E, sabia, assim como as coisas serão para nós, de fato serão.

Afinal de contas, antes de tudo, o bem e o mal que existe como possibilidade não está no que podemos tocar ou cheirar, mas dentro de cada um de nós.

Você consegue perceber ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s