Ahh São Paulo…

Padrão

016450466-fmmp00

O caso registrado na foto aconteceu em BH, mas, não sei porque, me lembrou de São Paulo

Estranhamente me deu alívio em estar em Porto Alegre.

Vai entender.

O fardo nosso de cada dia.

Padrão

101597498_5eaa5e4241

Você consegue se lembrar de quais eram suas grandes preocupações há cinco anos ?

Menos. Diga-me cinco preocupações suas do ano passado ?

Quando você para e pensa nelas, percebe que boa parte do que nos absorve a tranquilidade e recai como angústia e preocupação, não precisava que despendessemos tanta energia.

É possível que parte de seus problemas, tenha se resolvido naturalmente.

São aqueles que a gente vivencia antecipadamente e, temendo que venham a acontecer, nos entregamos ao medo do que ainda nem veio.

Até porque, se acontecer de fato, você nem sabe como será e certamente enxergará sob outra perspectiva, de modo que, de nada adianta tentar resolver o que ainda não aconteceu.

O medo paralisa e não permite nenhum tipo de ousadia

Que tipo de peso você tem carregado ?

Será que realmente é necessário suportá-lo ?

Quando um barco começa a afundar, a primeira coisa que o capitão faz é jogar o peso excedente ao mar.

Porque não faz o mesmo ?

Availe até que ponto suas preocupações são necessárias e livre-se do peso sobressalente.

Não adianta antecipar o amanhã ou recuperar o ontem, porque hoje é tudo o que temos.