O tempo de cada coisa.

Padrão

Uma de nossas grandes dificuldades é assimilarmos que existe um tempo para tudo.

Esse tempo tem a ver com nossa maturidade e a capacidade de vivenciá-lo.

Nós é que definimos em que tempo devemos viver.

Essa definição não parte de nossas vontades, mas do quanto estamos prontos para experimentar cada etapada da existência.

Por isso, erramos quando tentamos discerni-lo a partir dos possiveis sinais externos, quando na realidade a melhor referência para entender em que tempo estamos é olhando para dentro.

A medida em que nos percebemos, reconhecendo quem de fato somos, começaremos a enxergar com mais clareza aquilo que hoje parece um mistério.